Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras

Normal view MARC view ISBD view

As cooperativas em questão : antologia / org., pref., notas Lino de Carvalho, Gorjão Duarte.

Secondary Author: Carvalho, Lino de;Duarte, GorjãoLanguage: por..Publication: Lisboa : Seara Nova, 1972.Description: 231 p. ; 20 cm.Series: Cadernos Seara Nova., Série actualidade nacional.Abstract: “ «…o sistema cooperativo, limitado às formas minúsculas resultantes dos esforços individuais dos escravos assalariados, é impotente, por si só, para transformar a sociedade capitalista. Para converter a produção social num largo e harmonioso sistema de trabalho cooperativo são indispensáveis transformações gerais. Estas transformações não poderão ser conseguidas sem a acção das forças organizadas da Sociedade. Logo, o poder do Estado, arrancado das mãos dos capitalistas e latifundiários, deve ser exercido pelos próprios produtores. Recomendamos a todas as sociedades cooperativas que consagrem uma parte dos seus fundos à propaganda dos seus princípios, (…) e que levem a efeito essa propaganda tanto pelos meios orais como pelos meios escritos.(…)»” .Audience: ADULTO.Subject - Topical Name: Cooperativas -- Legislação -- Portugal | Decreto-Lei 520/71 List(s) this item appears in: Livros que Abril Libertou
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Current location Call number Status Date due Barcode Item holds
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Depósito Oeiras
DEP 18230 (Browse shelf) Available 020031872
Texto Texto Biblioteca Operária Oeirense
Outras bibliotecas
BOO 581 (Browse shelf) CONSULTA LOCAL 260000581
Total holds: 0

“ «…o sistema cooperativo, limitado às formas minúsculas resultantes dos esforços individuais dos escravos assalariados, é impotente, por si só, para transformar a sociedade capitalista. Para converter a produção social num largo e harmonioso sistema de trabalho cooperativo são indispensáveis transformações gerais. Estas transformações não poderão ser conseguidas sem a acção das forças organizadas da Sociedade. Logo, o poder do Estado, arrancado das mãos dos capitalistas e latifundiários, deve ser exercido pelos próprios produtores.
Recomendamos a todas as sociedades cooperativas que consagrem uma parte dos seus fundos à propaganda dos seus princípios, (…) e que levem a efeito essa propaganda tanto pelos meios orais como pelos meios escritos.(…)»”

ADULTO

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer

© 2010-2019 Município de Oeiras

Certificação de Qualidade Câmara Municipal de Oeiras
//