Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras

Normal view MARC view ISBD view

Flush : uma biografia / Virginia Woolf ; trad. Maria de Lourdes Guimarães ; pref. Fernando Guimarães.

Main Author: Woolf, Virginia, 1882-1941.Secondary Author: Guimarães, Maria de Lourdes;Guimarães, Fernando, 1928- Language: por.Publication: Lisboa : Afrontamento, 1987.Description: 121,[2] p. ; 22 cm.Series: Fixões, 17.Abstract: "Flush" é a biografia de um spaniel, mais concretamente do cão da poetisa inglesa Elizabeth Barrett Browning, autora de Sonetos Portugueses. Como escreve Fernando Guimarães no prefácio, a narrativa faz-se a partir de «vários pontos de vista que podem ser tanto os de Flush como os do narrador ou de outros personagens». Mas como é um cão o protagonista, muitas descrições das casas burguesas, dos jardins e dos bairros pobres da Inglaterra do século XIX são-nos dadas de um modo mais olfactivo do que visual. Para Flush «o amor é sobretudo odor; a forma e a cor, odores; a música, a arquitectura, a lei, a política e a ciência são odores. Para ele a própria religião era um odor».Subject - Topical Name: Contos
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Current location Call number Status Date due Barcode Item holds
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Depósito Oeiras
DEP 41706 (Browse shelf) Available 010037824
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Depósito Oeiras
DEP 19239 (Browse shelf) 4 020030416
Total holds: 0

Tit. orig.: Flush. A biography.

"Flush" é a biografia de um spaniel, mais concretamente do cão da poetisa inglesa Elizabeth Barrett Browning, autora de Sonetos Portugueses. Como escreve Fernando Guimarães no prefácio, a narrativa faz-se a partir de «vários pontos de vista que podem ser tanto os de Flush como os do narrador ou de outros personagens». Mas como é um cão o protagonista, muitas descrições das casas burguesas, dos jardins e dos bairros pobres da Inglaterra do século XIX são-nos dadas de um modo mais olfactivo do que visual.
Para Flush «o amor é sobretudo odor; a forma e a cor, odores; a música, a arquitectura, a lei, a política e a ciência são odores. Para ele a própria religião era um odor»

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

© 2010-2019 Município de Oeiras

Certificação de Qualidade Câmara Municipal de Oeiras
//