Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras

Normal view MARC view ISBD view

Angústia para o jantar / Luís de Sttau Monteiro.

Main Author: Monteiro, Luís de Sttau, 1926-1993.Language: por..Publication: Lisboa : Círculo de Leitores, imp. 1978.Description: 206,[1] p. ; 21 cm.Abstract: O que levará Gonçalo, um empresário rico e burguês, a encontrar-se para jantar com António, empregado de escritório e pobre, sempre ao dia 15 de cada mês, se nada têm em comum senão terem sido, há mais de 30 anos, colegas no liceu? Nunca vi nada que não fosse lógico. Tudo tem uma lógica, muito embora esteja por vezes escondido. É a isso que chamamos o segredo das coisas. O que distingue os homens lúcidos dos inconscientes é que os primeiros procuram descobrir a lógica das coisas, ao passo que os segundos julgam que as coisas surgem por si próprias e procuram, não a sua lógica, mas a sua rima.Audience: ADULTO.Subject - Topical Name: 15354
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Current location Call number Status Date due Barcode Item holds
Texto Texto Biblioteca Municipal de Carnaxide
Sala de Adultos - Ficção
ROM ROM-POR MON (Browse shelf) Available 030021026
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Sala de Adultos - Ficção
ROM ROM-POR MON (Browse shelf) Available 010049535
Total holds: 0
Browsing Biblioteca Municipal de Oeiras Shelves , Shelving location: Sala de Adultos - Ficção Close shelf browser
ROM ROM-POR MIR Não se escolhe quem se ama ROM ROM-POR MON Apogeu e queda de Bernardo Malaquias, ministro libertino ROM ROM-POR MON Apogeu e queda de Bernardo Malaquias, ministro libertino ROM ROM-POR MON Angústia para o jantar ROM ROM-POR MON Juízo perfeito ROM ROM-POR MON A paixão segundo os infieis ROM ROM-POR MON Juízo perfeito

O que levará Gonçalo, um empresário rico e burguês, a encontrar-se para jantar com António, empregado de escritório e pobre, sempre ao dia 15 de cada mês, se nada têm em comum senão terem sido, há mais de 30 anos, colegas no liceu? Nunca vi nada que não fosse lógico. Tudo tem uma lógica, muito embora esteja por vezes escondido. É a isso que chamamos o segredo das coisas. O que distingue os homens lúcidos dos inconscientes é que os primeiros procuram descobrir a lógica das coisas, ao passo que os segundos julgam que as coisas surgem por si próprias e procuram, não a sua lógica, mas a sua rima

ADULTO

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer

© 2010-2019 Município de Oeiras

Certificação de Qualidade Câmara Municipal de Oeiras
//