Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras

Normal view MARC view ISBD view

La filosofia della natura di Tito Lucrezio Caro, e confutazione del suo deismo e materialismo, col poema di Aonio Paleario dell' immortalita' degli animi / dell' abate Raffaele Pastore a sua eccellenza Carlo Grimani.

Main Author: Lucretius Caro, Titus.Coauthor: Paleario, Aonio, 1503-1570.Language: ita .Publication: In Londra : [s. n.], 1786.Description: 2 v. : 2 grav. ; 19 cm.Abstract: Tito Lucrécio Caro foi um poeta latino, de cuja vida muito pouco ou quase nada se sabe. Deve ter nascido entre 99 e 95 a.C. e morreu entre 55 e 51 a.C. Escreveu um célebre poema didático De Rerun Natura, que se compõe de seis livros que se podem agrupar em 3 séries de dois: a primeira trata da teoria atonista, a segunda tem como objeto a alma e o conhecimento e a terceira versa o sistema do Universo. No que se refere ao conteúdo, este poema pode definir-se por um materialismo metafisico. Segundo o seu autor, seguidor de Demócrito e Epicuro, o real é composto de átomos que se encontram em movimento no espaço, diferindo entre si pela forma e pelo tamanho. Os seres são agregados de átomos que estão constantemente a formar-se e a desfazer-se. Lucrécio exalta o princípio da felicidade que emerge da natureza e nela se resolve. Ao mesmo tempo manifesta-se entre o sistema dos deuses antigos e por sentir a natureza de uma forma intensa, sente-a de um modo religioso. Lucrécio apresenta uma visão otimista da história da humanidade, pois acredita que a história do género humano é a história da promoção do próprio homem.Subject - Topical Name: Filosofia Online Resources:Clique no seguinte para: | Clique no seguinte para: List(s) this item appears in: Memórias de Oeiras
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Current location Collection Call number Status Date due Barcode Item holds
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Reservados
Colecção Archer de Lima AL 6119 (Browse shelf) DIGITALIZADO (Acesso restrito) 018006119
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Reservados
Colecção Archer de Lima AL 6120 (Browse shelf) DIGITALIZADO (Acesso restrito) 018006120
Total holds: 0

Encadernação meia marmoreada.

Tito Lucrécio Caro foi um poeta latino, de cuja vida muito pouco ou quase nada se sabe. Deve ter nascido entre 99 e 95 a.C. e morreu entre 55 e 51 a.C. Escreveu um célebre poema didático De Rerun Natura, que se compõe de seis livros que se podem agrupar em 3 séries de dois: a primeira trata da teoria atonista, a segunda tem como objeto a alma e o conhecimento e a terceira versa o sistema do Universo. No que se refere ao conteúdo, este poema pode definir-se por um materialismo metafisico. Segundo o seu autor, seguidor de Demócrito e Epicuro, o real é composto de átomos que se encontram em movimento no espaço, diferindo entre si pela forma e pelo tamanho. Os seres são agregados de átomos que estão constantemente a formar-se e a desfazer-se. Lucrécio exalta o princípio da felicidade que emerge da natureza e nela se resolve. Ao mesmo tempo manifesta-se entre o sistema dos deuses antigos e por sentir a natureza de uma forma intensa, sente-a de um modo religioso. Lucrécio apresenta uma visão otimista da história da humanidade, pois acredita que a história do género humano é a história da promoção do próprio homem

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer

© 2010-2019 Município de Oeiras

Certificação de Qualidade Câmara Municipal de Oeiras
//