Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras

Normal view MARC view ISBD view

Gulistan ou l'empire des roses : traité des moeurs des rois, composé par Musladini Saadi, prince des poëtes persiens.

Main Author: Saadi, Musladini.Language: por.Publication: A Paris : Chez Prault pere, 1737.Description: XL,310,[1] p. ; 16 cm.Abstract: Obra do místico persa Musladin Saadi que nasceu por volta de 1200 em Chiraz, onde veio a morrer cerca de 1291. Oriundo de uma família de teólogos, estudou na Universidade de Bagdad e depois de concluídos os estudos viajou no Iraque e na Síria, donde empreendeu várias peregrinações a Meca. Em meados do séc. XIII instalou-se em Chiraz, onde concluiu a escrita das suas duas recolhas de reflexões de contos morais: O Bustan e o Gulistan. Esta última obra, também conhecida como Jardim das Rosas ou o Império das Rosas é uma coleção ou reunião de poemas e de contos sobre a sabedoria, tal como um roseiral é uma coleção de rosas. Uma parte da recolha continua a ser usada como manual de ensino sufi, por numerosas comunidades. Esta obra deu a conhecer a poesia persa ao Ocidente.Subject - Topical Name: Literatura -- Conto Online Resources:Clique no seguinte para: List(s) this item appears in: Memórias de Oeiras
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Current location Collection Call number Copy number Status Date due Barcode Item holds
Texto Texto Biblioteca Municipal de Oeiras
Reservados
Colecção Archer de Lima AL 3143 (Browse shelf) 2ov DIGITALIZADO (Acesso restrito) 018003143
Total holds: 0

Primeira parte.

Em rodapé: Avec Approbation & Privilege Roy.

Contém ex-libris estampa de M. Will. Botts

Encadernação inteira em pele.

Obra do místico persa Musladin Saadi que nasceu por volta de 1200 em Chiraz, onde veio a morrer cerca de 1291. Oriundo de uma família de teólogos, estudou na Universidade de Bagdad e depois de concluídos os estudos viajou no Iraque e na Síria, donde empreendeu várias peregrinações a Meca. Em meados do séc. XIII instalou-se em Chiraz, onde concluiu a escrita das suas duas recolhas de reflexões de contos morais: O Bustan e o Gulistan. Esta última obra, também conhecida como Jardim das Rosas ou o Império das Rosas é uma coleção ou reunião de poemas e de contos sobre a sabedoria, tal como um roseiral é uma coleção de rosas. Uma parte da recolha continua a ser usada como manual de ensino sufi, por numerosas comunidades. Esta obra deu a conhecer a poesia persa ao Ocidente

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer

© 2010-2018 Município de Oeiras

Certificação de Qualidade Câmara Municipal de Oeiras
//